26 junho 2009

APRENDENDO A ME AMAR



Lembra-me sempre, meu Pai, de que se devo amar aos outros, também devo amar a mim mesmo, propiciando-me sempre que possível oportunidades de crescimento e realização!
Devo acreditar mais em mim, mesmo perante vigorosas inteligências alheias, ciente de que coisas grandiosas principiam em um primeiro e pequeno passo...
Devo apostar mais em mim, compreendendo que os vitoriosos são aqueles que acreditam profundamente em seus sonhos...
Devo cuidar mais de mim, anotando que a aparência física abre portas ou fecha oportunidades, dependendo sempre de seu estado...
Devo brindar-me com chances de felicidade, amando mais e sendo mais receptivo às boas coisas vida...
Devo tolerar mais, compreender mais, ouvir mais, sorrir mais e me amargurar menos, para que o ambiente que me rodeia seja mais leve e mais propício à minha felicidade pessoal...
Devo olhar para o mundo com a inocência das crianças, anotando apenas o que existe de belo e bom e evitando em meu próprio proveito quadros infelizes e degradantes...
Devo amar profusamente o que eu sou e aquilo que posso realizar, seja na esfera pessoal ou profissional, recordando que os sentimentos inferiores como a inveja, o despeito, o ciúme e o ressentimento acompanham apenas aqueles que se negam e se desconhecem, se temem e se destestam...
Devo amar-me, meu Pai, enfim, pela melhor e maior razão de todas: porque Tu acreditas em mim, torces por mim e me amas de forma única e especial, infinitamente!....

(By - André Luiz)

25 junho 2009

TÉDIO E INGRATIDÃO



Hoje, quando acordei, como sempre, fiquei 20 minutos tentando acordar minha filha. Meu Deus... como é difícil acordá-la... rsrs
Deixei-a na escola, e fui para o trabalho. Então eu pensei: Como a minha vida está sem graça, a mesma rotina todos os dias. As coisas que eu faço já são automáticas. Levanto - tomo banho e me arrumo - acordo a Gabi - deixo-a na escola - vou para o trabalho - faço as mesmas atividades durante todo o dia - volto pra casa - e no dia seguinte... isto tudo se repete novamente.

Na mesma hora veio outro pensamento: Como posso ser tão ingrata? Eu, minha filha e minha família estamos com saúde, todos temos onde morar, todos temos um trabalho, somos perfeitos... e minha vida ta sendo uma rotina porque eu escolhi que fosse assim. Eu sou dona de mim, posso fazer o que eu quiser, posso fazer com que, ao acordar minha filha seja um acontecimento prazeroso ao invés de ficar irritada escolho dar beijinhos até ela acordar e tomar um café gostoso com ela, posso tornar meu trabalho interessante e fazer com que cada dia seja diferente, posso voltar pra casa e assistir um filme bom e brincar com minha filha. E no dia seguinte.......... no dia seguinte é outro dia e não devo me preocupar com ele porque decidi que quero viver cada minuto da minha vida com intensidade, sem dar tempo pra tristeza, pra saudade, e distribuir meu tempo com tudo que me dá prazer e com as pessoas que amo.
Afinal, eu não acredito em reencarnações, e esta minha passagem aqui na terra é única, e porque perder meu tempo stressada, fazendo as coisas sempre com pressa, sem tempo pra nada? não não... a partir de hoje quando vier alguma irritação ou stress vou pensar nisto e fazer com que todos os meus dias sejam felizes, e principalmente, fazer as pessoas que me rodeiam felizes, porque a ALEGRIA É CONTAGIANTE....

By Danubia

24 junho 2009

QUANDO TUDO PARECE PERDIDO


Quando tudo parece perdido, e a esperança desaparece, procure por mim, estou ao teu lado, embora não me vejas. 

Quando lágrimas, insistirem em cair de teus olhos, lembra do sangue que derramei, para que fosses feliz, quando o desejo de morrer, tomar conta de teu ser, lembra que tua morte será em vão, eu morri para salvar os homens, e mesmo assim não consegui. 

Eu tenho meu tempo, eu sou dono da vida e da morte, e só morrerás em meu tempo, quando tudo parecer breu, os desamores, as descrenças, as desesperanças, insistirem em tomar conta, de teu coração, me busca, nunca abandonei quem de mim precisa, e não será tu, que confias em mim, que deixarei desamparada(o), vamos coloque um sorriso, neste rosto, erga a cabeça e siga em Frente, logo, logo, sentirás minha Presença, e tudo se resolverá. Tristezas, não cabem em meu mundo, e se te provo em coisas da vida, é porque sei, tens força suficiente, para enfrentá-las.

Eu sou teu Deus, jamais te abandonarei... Portanto filha (o), espera e confia... em meu tempo... tudo resolverei.


Entrega-te a mim sem medo...

Pai nenhum deste mundo, abandona um filho, aceite então as provações a que te submeto, estas só servirão, para engrandecer teu espírito e te tornares, mensageira(o) de minhas palavras, e de meus atos em tua vida. Será testemunha viva, do meu poder, e do meu amor,
por aqueles que confiam em mim!



“Eu sou a luz do mundo, aquele que me segue jamais andará nas trevas.”

EU TE AMO!
Jesus Cristo

TUDO TEM SEU TEMPO



Tudo neste mundo tem seu tempo;
cada coisa tem sua ocasião.

Há um tempo de nascer e tempo de morrer;
tempo de plantar e tempo de arrancar;
tempo de matar e tempo de curar;
tempo de derrubar e tempo de construir.

Há tempo de ficar triste e tempo de se alegrar;
tempo de chorar e tempo de dançar;
tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las;
tempo de abraçar e tempo de afastar.

Há tempo de procurar e tempo de perder;
tempo de economizar e tempo de desperdiçar;
tempo de rasgar e tempo de remendar;
tempo de ficar calado e tempo de falar.

Há tempo de amar e tempo de odiar;
tempo de guerra e tempo de paz.

(Eclesiastes 3, 1-8)

23 junho 2009

UM TEMPO PRA VOCÊ



Quando viu o relógio, saiu apressado. Mal daria para um café, mais
um dia longo e cansativo... Pegou seu carro, celular no bolso, gravata
na mão e o portão, onde está o controle do portão?

A manhã linda o recebia em suas ruas, em seus jardins, mas, ele
só pensava nas reuniões, depois pegar as crianças que por certo
vão querer comer no Mac Donald´s.

Talvez seja melhor deixar para amanhã o terno na lavanderia.
E meio aos pensamentos reparou no trânsito, Meu Deus! um
engarrafamento quilométrico e ele ali, feito leão na jaula, prestes a
arrancar sua juba com seus próprios dentes, sabia, não dava para
fugir do trânsito, teria que esperar, mas, não conseguia aceitar...

Quando, ao seu lado, um menino na rua, a dançar por entre os carros,
oferecia suas balinhas e seus versinhos:
- Uma balinha adoçará o seu dia, duas, adoçarão muito mais!

E, pela primeira vez no dia, ele se viu a sorrir para aquela criança.
Ficou observando como se movia graciosamente por entre tantos
carros de tantas pessoas mal humoradas, e nada parecia lhe tirar
aquele riso gostoso.

Ficou olhando a criança...e aos poucos pôs-se a relembrar sua infância:
A rua cheia de árvores, a cachoeira de águas cristalinas, os brigadeiros roubados da mesa da vovó, as brincadeiras ao anoitecer, seu jantar, seu cachorro.

Por um instante fechou os olhos e percorreu toda sua vida, sua correria,
suas dores, suas alegrias e sentiu vontade de parar... e foi o que fez!

Encontrou um lugar e estacionou seu carro. Tirou seus sapatos e
caminhou pela grama morna e suave do parque, sentiu a frescura do dia pairando em seu ser, agora mais renovado e pela primeira observou o dia:
- Que dia lindo! Que céu azul!

Respirou fundo, sentia-se feliz, relaxado...por momentos lembrou-se
de si mesmo, dos seus olhos, da sua paz tão esquecida por entre a sua correria e percebeu como isso era precioso para si mesmo e ele havia esquecido isso.

Como era bom ter um momento apenas para ser, existir e tinha tanto
para sentir, tanto para aprender. Poderia ser este um bom começo...
percorrer seus dias com mais suavidade e atenção. Percebeu que
aprendia com aquilo que se permitia viver, e agora, tentaria viver melhor,
para aprender o melhor.

Pegou seu carro, engatou a primeira e foi para mais um dia de trabalho...
agora com uma nova visão da vida e do dia...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 renata massa